Cabo Frio é umas das onze cidades no Brasil contempladas com o Programa Negócio Cultural

A foto aérea mostra Cabo Frio vista de cima #Pracegover

O Programa Negócio Cultural chega a Cabo Frio com o objetivo de capacitar microempreendedores, auxiliando o desenvolvimento de seus negócios ou os incentivando a reinventar sua forma de geração de renda. As atividades, que incluem oficinas online e mentorias gratuitas, estão disponíveis para jovens a partir dos 15 anos de idade, matriculados na rede municipal de ensino.

Até o momento, a Secretaria de Educação, por meio da Coordenadoria de Programa e Projetos, registrou 312 alunos inscritos. Entre as escolas municipais que participam estão Prof.ª Elza Maria Santa Rosa Bernardo (Jardim Esperança), Justiniano de Souza (Maria Joaquina), Vereador Leaquim Schuindt (Jardim Esperança), Centro Educacional Municipal Prof.ª Marli Capp (Unamar) e Agrícola Municipal Nilo Batista (Campos Novos).

A Escola Leaquim Schuindt já certificou 29 alunos da Educação de Jovens e Alunos (EJA) durante o mês de junho. Os interessados podem concluir o curso até o mês de novembro para garantir a certificação.

As capacitações ocorrem por meio de videoaulas ao vivo no Youtube. A partir disso, os alunos terão acesso a conteúdos para aprofundar o aprendizado e desenvolver seu negócio na prática. Entre eles, empreendedorismo, plano de negócios, vendas, marketing, financeiro, sustentabilidade e recursos humanos.

Além da cidade de Cabo Frio, participam do Programa as cidades de Assu, Pedro Avelino e Lages, no Rio Grande do Norte; Unaí, em Minas Gerais; Manaus, no Amazonas; Penha, em Santa Catarina; Campo Grande, no Mato Grosso do Sul; Holambra, em São Paulo; e Barra do Garça, no Mato Grosso.