Dia das Mães deve movimentar R$ 782 milhões na economia fluminense

Foto: Divulgação CDL

No Brasil, o Dia das Mães, é a segunda data mais importante do varejo, atrás somente do Natal e, atualmente, empatada com a Black Friday. Segundo pesquisa feita pelo Instituto Fecomércio de Pesquisas e Análises (IFec RJ), mostra que 63,3% dos entrevistados pretendem presentear nessa data. O levantamento mostra, ainda, que o gasto médio dos consumidores ficará em R$ 159, movimentando R$ 782 milhões na economia fluminense. Se comparado a 2021, o crescimento este ano será de 19,6%.

As roupas são as preferidas dos 33% dos consultados, seguidas de calçado, bolsa ou acessório (27,8%) e de perfume ou cosmético (27,1%). Trinta e quatro por cento disseram que irão comprar mais de um tipo de presente. Cinquenta e quatro por cento dos entrevistados afirmaram ainda que pretendem comprar seus presentes em lojas físicas, enquanto 13,9% em lojas virtuais. Trinta e um por cento disseram que pretendem comprar em ambos.

“Essa é uma data afetiva e com a atual flexibilização na circulação das pessoas, isso vai impulsionar a cadeia produtiva. O empresariado precisa estar atento para traduzir toda a afetividade que a data transmite com um bom planejamento. Ao adotar estratégias, o negócio conseguirá não só aumentar o volume de vendas e seu faturamento, como também fidelizar esse cliente, além de ajudar a divulgar sua marca para outros clientes”, explica Poliana Valente, analista do Sebrae Rio.

Fonte: Assessoria SEBRAE

Comentários