Saúde de Campos faz alerta para vacinação contra a coqueluche

Fachada da Secretaria de Saúde de Campos - Arquivo

Em Campos, apesar de não ter registro de caso de coqueluche nos últimos anos, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) alerta à população para a importância da vacinação contra a doença. Diante do alerta emitido pelo Ministério da Saúde sobre o aumento dos casos de coqueluche em países da Europa e da Ásia, além da preocupante baixa cobertura vacinal, a SMS reforça a importância da vacinação, especialmente entre gestantes e recém-nascidos. De janeiro até o momento, 8.292 doses de imunizantes contra a coqueluche foram aplicadas no município.

Em 2023 e 2024 as coberturas vacinais contra a coqueluche no município se mantiveram abaixo dos 95% preconizados pela Organização Mundial da Saúde (OMS). O subsecretário de Vigilância em Saúde, Charbell Kury, destacou que a proteção contra a coqueluche começa ainda durante a gestação. “É essencial que todas as gestantes, a partir das 20 semanas de idade gestacional, recebam a vacina dTpa, disponível gratuitamente em nossos postos de saúde”, afirmou o subsecretário.

Charbell também abordou a redução drástica da cobertura vacinal nos últimos anos, particularmente em relação à vacina dTpa para gestantes. Dados do sistema do governo federal apresentam uma cobertura vacinal de 23,74% do imunizante dTpa em adultos no município em 2024. “Observamos uma preocupante tendência de queda na vacinação, muitas vezes devido a indicações negacionistas ou falta de orientação adequada”, explicou.

Diante desse cenário, acrescenta Charbell, o Ministério da Saúde está implementando medidas adicionais, incluindo a estratégia de “Cocooning”, destinada a proteger os profissionais de saúde que cuidam de bebês. “Estará sendo oferecida a vacinação para cuidadores de berçários, profissionais que atuam em maternidades e hospitais, criando assim um escudo de proteção em torno dos recém-nascidos”, detalhou.

ALERTA NA EUROPA E ÁSIA

Em maio deste ano, a União Europeia divulgou Boletim Epidemiológico constando aumento da doença em pelo menos 17 países, onde mais de 32.037 casos foram notificados de coqueluche entre 1 de janeiro e 31 de março de 2024. O Centro de Prevenção e Controle de Doenças da China (CCDC, 2024) informou que, em 2024 foram notificados no país, 32.380 casos e 13 óbitos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here