Vigilantes são mortos a tiros dentro do IFF de Guarus, em Campos

O criminoso invadiu a escola, matou os vigias, levou as armas dos profissionais e ainda roubou uma bicicleta durante a fuga

As vítimas morreram ainda no local do crime - Foto: Divulgação

Dois vigilantes do Instituto Federal Fluminense (IFF) de Guarus, em Campos, foram mortos a tiros na madrugada desta sexta-feira (14) dentro da instituição. O crime foi cometido por um homem que depois de matar as vítimas, andou por alguns metros, roubou uma bicicleta e fugiu.

As vítimas, identificadas como Bruno Santos Rocha e Raul César Gomes Teixeira, morreram ainda no local do crime – Foto: Divulgação

A unidade fica localizada no Parque Fundão. De acordo com a Polícia Militar, o criminoso aparenta ter cerca de 35 anos. Ele entrou na escola, matou os vigias e roubou as armas. Os profissionais, identificados como Bruno Santos Rocha e Raul César Gomes Teixeira, trabalhavam em uma empresa particular e prestavam serviços ao IFF de forma terceirizada.

Os corpos das vítimas foram removidos para o Instituto Médico Legal (IML) de Campos. A ocorrência é investigada pela Polícia Federal. Horas depois do duplo homicídio, o criminoso foi preso. Veja mais detalhes da prisão clicando aqui.

A equipe de reportagem do jornal O Milênio entrou em contato com o IFF, que lamentou as mortes e que informou que colabora com as investigações das forças policiais.

Redação
Redação Administrator
O Milênio