Vigilância Sanitária apreende alimentos impróprios para o consumo em bar de Campos

Na imagem contém um cômodo desorganizado e com higiene precária #PraCegoVer Foto: VISA

Alimentos impróprios para o consumo foram apreendidos nesta quinta-feira (16) por equipes da Vigilância Sanitária e Defesa Agropecuária em um bar de Campos. Os agentes chegaram ao local após receberem denúncia de que o estabelecimento seria utilizado como fábrica clandestina de linguiça em Guarus.

Segundo a Vigilância, os fiscais flagraram instalações precárias, com péssimas condições de higiene e muita desorganização, porém não foi encontrado maquinário próprio de fabricação de linguiça e nem estocagem. Segundo o responsável, a fábrica funcionava no passado e já teria encerrado as atividades. Mas durante a inspeção, foram encontradas 8 caixas de tripa de colágeno, utilizada como envoltório de linguiça, armazenadas em área aberta e sem nenhuma condição de higiene, em meio a materiais em desuso.

Além disso, a tripa era originária da Ucrânia e não possuía rótulo traduzido, estando em desacordo com as normas da ANVISA. Também foi encontrado carne salgada fabricada clandestinamente no local, utilizando sal destinado a alimentação de boi, que segundo o proprietário seria para preparo e venda no bar. Todos os alimentos irregulares, impróprios ao consumo, foram apreendidos e inutilizados no aterro sanitário do município.

Alimentos descartados

Redação Administrator
O Milênio

Comentários