Vídeo mostra momento do acidente de avião que matou o acionista da Cosan

Foto: Divulgação

Sete pessoas morreram em um acidente de avião registrado na manhã desta terça-feira (14) no município de Piracicaba, em São Paulo. O acionista da empresa Cosan, do ramo sucroalcooleiro, Celso Silveira Mello Filho, estava na aeronave. Além de Celso, as outras vítimas são a esposa, os três filhos do casal, o piloto e o copiloto. Todos os ocupantes morreram na hora.

O avião modelo King Air B200 saiu do Aeroporto de Piracicaba com destino ao Pará e caiu logo depois, pouco antes das 9h, em uma área verde ao lado da Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo (Fatec), no bairro Santa Rosa e explodiu explosão resultando em um incêndio no local. A Prefeitura de Piracicaba divulgou que montou uma força-tarefa reunindo várias secretarias municipais e Serviço Municipal de Água e Esgoto (Semae), para ajudar no resgate e para conter as chamas que se alastraram pela vegetação. A causa do acidente será investigada.

A Cosan foi fundada em 1936 na cidade de Piracicaba, no interior de São Paulo, com a fundação de sua primeira fábrica para moagem de cana-de-açúcar. A partir da década de 1980, expandiu a atuação com a aquisição de várias fábricas no estado como a liderança de Rubens Ometto. A empresa cultiva, coleta e processa a cana-de-açúcar, principal matéria-prima utilizada na produção de açúcar e etanol.

Veja o momento que o avião cai no fundo de um condomínio!

Redação
Redação Administrator
O Milênio

Comentários