Vídeo: amigos e familiares de jovem decapitado fazem protesto em Campos

Delegado titular da 146ª DP, Pedro Emílio, afirma que as investigações sobre o caso já estão em andamento

Foto: Divulgação

Parentes e amigos do jovem Guilherme Bravo, de 17 anos, que foi encontrado decapitado no último sábado (8), no bairro Presidente Vargas, em Campos, realizaram uma manifestação na tarde desta segunda-feira (10), no km 56 da BR-101, no distrito de Travessão, em Campos.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os manifestantes informaram que um dos motivos para o protesto, é negligência por parte da equipe da 146ª Delegacia de Polícia de Guarus para solucionar o caso. As pessoas envolvidas no ato fecharam totalmente as duas pistas com galhos e pneus em chamas, o que gerou um congestionamento de mais de 1 km.

A equipe do jornal O Milênio procurou o delegado titular da 146ª DP, Pedro Emílio, que informou que a principal marca da delegacia nesta gestão é a solução rápida dos crimes e que apurações já estão sendo realizadas para solucionar também este crime, assim como outra morte brutal, que foi o corpo da mulher encontrado sem a cabeça, na última sexta-feira (7).

O delegado enfatizou que entende que este momento é delicado para a família, mas que a equipe está trabalhando para prender os responsáveis pelo crime. Ele destacou que policiais da 146ª foram responsáveis pela prisão de mais de 100 homicidas nos últimos 18 meses e que neste caso não será diferente.

Veja o vídeo do protesto!

Redação
Redação Administrator
O Milênio