Vendedor tem bicicleta furtada no estacionamento do Boulevard Shopping, em Campos

Foto: arquivo pessoal

A bicicleta do jovem Arthur Rangel, de 24 anos, foi furtada dentro do estacionamento do Boulevard Shopping, em Campos. O crime aconteceu no último dia 20, quando ele prendeu a bike na área destinada para bicicletas, mas a corrente foi cortada.

A vítima contou para a equipe do jornal O Milênio que a administração do shopping afirmou que o estabelecimento não se responsabilizará pela bicicleta, por não cobrar uma taxa para que elas sejam guardadas, prática que é condenada no Código de Defesa do Consumidor. Segundo o artigo 14 do CDC, o fornecedor de serviços responde, independentemente da existência de culpa, pela reparação dos danos causados aos consumidores por defeitos relativos à prestação dos serviços, bem como por informações insuficientes ou inadequadas sobre sua fruição e riscos. Na  Súmula 130 do STJ, é dito ainda que “a empresa responde, perante o cliente, pela reparação de dano ou furto de veículo ocorrido em seu estacionamento”.

Arthur fez boletim de ocorrência e pede que qualquer informação sobre a bicicleta seja passada através do número (22) 99830-3375. O jovem usava o veículo para ir trabalhar todos os dias e comprou a bike após muito esforço e, por isso, sempre teve cuidado com ela. “Eu sempre prendia a bicicleta no bicicletário, ofertado pelo estabelecimento e sempre dava prioridade para onde tem uma câmera próxima, mas nem isso foi capaz de impedir o crime. O homem, que além de máscara, usava boné e casaco, cortou o cadeado e levou a minha bicicleta”, disse.

A empresa responsável pelo estacionamento e a polícia comunicaram ao jovem que as câmeras de segurança serão avaliadas em até 15 dias. Nossa equipe de reportagem entrou em contato com o Boulevard Shopping para saber um posicionamento da empresa, mas não recebemos retorno.

Redação Administrator
O Milênio

Comentários