Uma semana depois de ser espancado pelo pai, bebê segue em estado grave no HFM, em Campos

Com várias lesões, a vítima segue no setor de UTI do hospital

Na imagem contém o bebê com ferimentos #PraCegoVer

Uma semana depois de ter sido espancado pelo pai em São Fidélis, o pequeno Dominique, de apenas 2 meses, continua internado em estado grave no Hospital Ferreira Machado (HFM).

Em nota enviada para o jornal O Milênio, a direção do HFM afirmou que o bebê continua na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) Pediátrica. Nesta sexta-feira (9), a criança teve uma melhora e já respira sem ajuda de aparelhos.

As agressões aconteceram no dia 1º de abril. Ainda não há previsão para que o bebê saia do setor de UTI. A vítima chegou na unidade com diversas lesões pelo corpo, como afundamento de crânio, fratura de costelas e mordidas pelo corpo.

Pais de Dominique continuam presos

De acordo com a Polícia Civil, os pais do bebê continuam presos. Durante o depoimento, o pai do menino confessou ter agredido o filho simplesmente porque a criança chorava demais. A mãe de Dominique teria tentado mentir para a polícia, afirmando que a criança foi espancada por sequestradores. O casal foi autuado em flagrante: o pai responde criminalmente por tortura e lesão corporal, e a mãe pelo crime de tortura por omissão.

Redação
Redação Administrator
O Milênio

Comentários