Temporal alaga ruas de Campos, tomba árvores e deixa Defesa Civil em alerta

São Francisco de Itabapoana e São João da Barra também sofreram com o temporal

Foto: Divulgação

O temporal que atingiu a cidade de Campos na tarde deste domingo (1º) causou transtornos: ruas ficaram alagadas, cinco árvores foram derrubadas pelo forte vento e a Defesa Civil entrou em estágio de alerta. As regiões que mais sofreram foram a área central e a Baixada Campista.

Foto: Divulgação

De acordo com o órgão, em duas horas, choveu 31mm, de acordo com pluviômetro instalado em Baixa Grande, na Baixada Campista; 46,2mm em Morro do Coco, no norte do município, e 21,8mm no pluviômetro do Jardim Carioca. O nível do Rio Paraíba do Sul atingiu a cota de 8,48m na medição feita às 15h15.  Às 13h15, o nível do rio era de 8,47m.

Segundo o coordenador da Defesa Civil, major Edison Pessanha, a orientação é para que a população evite deslocamentos neste período, se não for extremamente necessário. “A Defesa Civil está em alerta e monitorando a situação. Estamos de plantão e, qualquer emergência, é só ligar para os telefones 199 ou (22) 98175 2512”, informa major Pessanha, que está com equipe e bombas atuando na Vila dos Pescadores, em Farol de São Thomé, na baixada, onde o volume de chuva foi grande em poucas horas. A chuva também invadiu algumas salas do Hospital Geral de Guarus (HGG).

As cidades de São Francisco de Itabapoana e São João da Barra também sofreram com o temporal. Ruas ficaram alagadas e a água da chuva invadiu casas nos dois municípios.

Redação
Redação Administrator
O Milênio

Comentários