Taxa de isolamento social segue abaixo do ideal em Campos

A taxa de ocupação dos leitos do Sistema Único de Saúde (SUS) também gera preocupação nas autoridades

Foto: Divulgação/Supcom

O índice de isolamento social de Campos continua abaixo da porcentagem considerada ideal pelas autoridades de saúde, que é a taxa de 70%. Dados divulgados pela prefeitura nesta terça-feira (23) mostram que a situação está abaixo do esperado de diferentes formas.

De acordo com a análise feita até o dia 19 de junho, quando o município ainda registrava 1468 casos de Covid-19, a taxa de isolamento de acordo com o sistema de transporte coletivo convencional revelou uma variação entre -64,2% e – 62,6% da taxa de ocupação nos coletivos,  após o período de lockdown. Em relação ao índice baseado no tráfego de veículos, foi observado uma tendência de aumento com aproximação para valores semelhantes aos observados antes do lockdown, sendo: – 31,9% e – 28,5%, respectivamente.

A prefeitura teme que este aumento expressivo no tráfego de veículos e, consequentemente, redução na taxa de isolamento social, possa aumentar a taxa de transmissão do vírus no município. Ainda de acordo com a prefeitura, a taxa de ocupação de leitos clínicos do Sistema Único de Saúde (SUS) manteve-se acima de 70,0% (87,0%). Quanto aos leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) do SUS, a taxa de ocupação mantém-se elevada (91,0%).

O Centro continua com a maior concentração dos casos confirmados: 199, seguido do Jockey, 100; Parque Rosário, 48, Guarus, 44, Tamandaré, 42, Parque Leopoldina e Parque Califórnia, 40,  Goitacazes, 37, Turf Club, 35,  Jardim Carioca, 33 e Travessão, 30. Outras 157 regiões do município também apresentaram casos da doença.

Redação
Redação Administrator
O Milênio