São João da Barra autoriza retorno das aulas presenciais

Foto de uma sala de aula #PraCegoVer

Em novo decreto publicado nesta sexta-feira (1º) no Diário Oficial do Município, a Prefeitura de São João da Barra autorizou o retorno das aulas presenciais nas escolas públicas e particulares a partir do próximo dia 15, para alunos a partir de 12 anos. O decreto com a atualização das medidas de prevenção e combate à Covid-19, válido até 31 de outubro, mantém a obrigatoriedade do uso de máscara de proteção facial em espaços públicos e ambientes compartilhados, as medidas de distanciamento e a proibição de aglomerações.

Para o retorno das aulas presenciais, as escolas devem fazer a solicitação à Vigilância Sanitária Municipal, que vai fiscalizar o cumprimento de medidas de proteção que serão definidas em portaria a ser publicada nos próximos dias.

O novo decreto amplia de 30% para 50% o limite máximo da capacidade de assentos nos templos religiosos para a realização de cultos e missas presenciais. Mas a Prefeitura mantém a recomendação para que ocorram preferencialmente no formato online e mantém as medidas de distanciamento, ventilação e higienização, dentre outras definidas em portaria específica da Vigilância Sanitária Municipal.

Também foi ampliado de 30% para 50% o limite máximo da capacidade dos espaços onde funcionam academias de musculação e estúdios de pilates. Nesses locais também há medidas de prevenção que devem ser adotadas conforme portaria específica em vigor. 

Outra mudança é sobre música ao vivo. As apresentações musicais já estavam autorizadas anteriormente, mas o novo decreto determina a apresentação de cronograma mensal à Vigilância Sanitária. A regra vale para salões de festas, bares, restaurantes, quiosques, trailers e similares. 

O decreto também determina o retorno ao trabalho presencial de todos os servidores municipais. Nos setores da Prefeitura devem ser cumpridas as medidas de higienização, uso obrigatório de máscara de proteção facial e distanciamento.

Redação Administrator
O Milênio

Comentários