São Francisco de Itabapoana e São Fidélis estão entre os 11 municípios do interior que tiveram desaceleração da Covid-19

A última semana registrou a maior quantidade de municípios com redução semanal de casos de Covid-19 desde o início da pandemia. São Francisco de Itabapoana e São Fidélis, pertencem a esse grupo, que ao todo, conta com 11 cidades entre as regiões Norte e Noroeste Fluminense tiveram desaceleração no índice de novos infectados.

Segundo um levantamento feito pelo Painel Covid-19 Norte e Noroeste Fluminense, São Fidélis teve a menor quantidade de casos de Covid-19 em quatro meses. Foram 18 pessoas contaminadas na última semana, 64,7% a menos do que nos sete dias anteriores, quando foram contabilizados 51 pacientes. A última vez que a cidade teve um índice menor foi entre 19 e 25 de abril, quando foi confirmado apenas um caso.

Em São José de Ubá, no Noroeste Fluminense, apenas um novo caso da doença foi registrado na última semana, enquanto nos sete dias anteriores houveram 12 registros de Covid-19, o que significou, uma queda de 91,7%. Também no Noroeste, em Laje do Muriaé, o índice de contaminados foi de quatro, entre 23 e 29 de agosto, enquanto na semana anterior era de 14. A redução foi de 71,4%. Cambuci, que registrou o pico de 23 casos confirmados, entre 16 e 22 de agosto, e passou para sete contaminados na última semana, com uma queda de 69,6%. Outros municípios que também apresentaram desaceleração foram: São Francisco de Itabapoana (-60,8%); Porciúncula (-52,6%); Quissamã (-51,9%); Natividade (-33,3%); Miracema (-31,6%); Bom Jesus do Itabapoana (-29,7%); e Campos (-3%). As cidades que ficaram no nível de estabilidade, segundo o Painel, foram Aperibé, Cardoso Moreira, Carapebus, Itaocara e Santo Antônio de Pádua.

Com mais de 100 mil habitantes, Campos, Macaé e Itaperuna continuam em aceleração e tiveram mais de uma centena de infectados na semana passada.

Redação
Redação Administrator
O Milênio