Saiba como vai funcionar o lockdown em Campos!

Campos atingiu nesta sexta-feira, 100% da ocupação nos leitos de UTI do Centro de Controle e Combate ao Coronavírus.

Diante do crescente número de casos de coronavírus em Campos – somente nesta semana são mais de 130 novos casos e sete óbitos confirmados pela doença -, a Prefeitura de Campos vai endurecer as medidas de isolamento social. O prefeito Rafael Diniz anunciou na noite desta sexta-feira (15), conforme alertado no último Decreto, o lockdown no município a partir da próxima segunda-feira (18) até 24 de maio. Estarão funcionando apenas serviços médicos de emergência, alimentação, farmácia, veterinário e telecomunicações.  A recomendação das autoridades é que o deslocamento ocorra somente em caso de extrema necessidade. A partir das 22h, só será permitida circulação nas ruas de profissionais da saúde e da segurança em trabalho ou dos demais cidadãos em caso de emergência em saúde.

– Estivemos reunidos hoje, sexta, com representantes das forças de segurança para alinhar as ações que vão garantir o cumprimento dessas medidas. Essa é uma das últimas medidas a serem adotadas, não há outra alternativa. Pessoas estão sendo infectadas, o vírus circula em áreas mais distantes do centro urbano. Nesta semana o número de casos teve um aumento considerável, perdemos vidas e os leitos da rede públicas já estão ocupados em quase sua capacidade máxima. É preciso que todos entendam e colaborem neste momento. Quem puder, fique em casa – destacou o prefeito Rafael Diniz.

Desde o último dia 28 de abril, Campos conta com a plataforma digital “Fique bem, fique em casa” que auxilia no monitoramento do isolamento social da população. O município tem um dos piores índices de isolamento social no interior do estado: de 40% a 45%. O maior índice foi de 50% registrado no dia  3 de maio.

– O ideal é que atingíssemos 70% de isolamento social, com circulação apenas de trabalhadores de serviços essenciais. Com o lockdown, o objetivo é 80%. Essa medida é inevitável do ponto de vista técnico. O quadro que vem se desenhando e, principalmente, nesta semana nos leva a essa decisão. Do contrário, caminharemos para o caos – frisou a diretora da Vigilância em Saúde de Campos, Andréya Moreira.

Para a garantia do lockdown, haverá 20 barreiras em pontos estratégicos do município e ainda bloqueio de cruzamentos de acesso a áreas de grande circulação do município.

Todas as medidas foram apresentadas aos órgãos fiscalizadores e de segurança. Participaram da reunião nesta sexta-feira (15), na sede da Prefeitura, representantes da Polícia Militar, Exército, Guarda Municipal, Polícia Civil, Procon/Campos, Secretaria Municipal de Segurança Pública, IMTT, Postura e, por videoconferência, o Ministério Público Estadual.

Redação
Redação Administrator
O Milênio