Ronaldinho Gaúcho é detido no Paraguai com passaporte falso

O ex-jogador foi preso dentro de uma suíte, onde estava com o irmão Assis

O ex-jogador Ronaldinho Gaúcho foi detido no Paraguai por entrar no país com um passaporte falso. A informação foi reportada pela jornalista paraguaia Soledad Franco e confirmada oficialmente pelo Ministério do Interior do governo paraguaio.

De acordo com o comunicado oficial, a polícia paraguaia entrou na suíte em que Ronaldinho estava hospedado com seu irmão Assis e encontraram no local dois passaportes paraguaios falsificados, que permitiram suas entradas no país, já que o passaporte brasileiro do ex-jogador foi confiscado pela justiça brasileira no fim de 2018 por uma multa ambiental no valor de 2.5 milhões de reais.

Segundo um acordo entre os país do Mercosul, não é preciso apresentar visto para entrar em países da América do Sul. Entretanto, como está sem passaporte, precisou de um passaporte paraguaio para conseguir entrar no país.

Ídolo do Barcelona, o jogador foi levado a uma delegacia na cidade de Assunção, capital paraguaia, para depor sobre o caso.

Fonte: R7

Redação
Redação Administrator
O Milênio