Representantes dos jornalistas em Campos fazem ofício pedindo por vacinação dos profissionais de comunicação contra a Covid-19

Na imagem contém a fachada da AIC #PraCegoVer

A Associação de Imprensa Campista (AIC), em conjunto com a Delegacia Regional do Norte Fluminense do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro, enviou para a Prefeitura de Campos um ofício que solicita que os jornalistas da região comecem a ser imunizados contra a Covid-19. O motivo é que os profissionais ficam bem expostos com relação ao contágio da doença durante o trabalho e precisam receber a vacina o quanto antes.

O jornalismo foi reconhecido como uma atividade essencial pelo Governo Federal e pela Organização das Nações Unidas (ONU) desde o início da pandemia do coronavirus, e por isso, a categoria reforça a necessidade da vacinação para esses profissionais que atuam diariamente com um público vasto em diferentes circunstâncias. “Ao ser considerada uma atividade essencial, o trabalho dos jornalistas que estão na linha de frente de enfrentamento à pandemia de Covid-19, se faz necessária a inclusão da categoria nas prioridades para a vacinação. Esses profissionais estão desempenhando um papel primordial que é levar informações para toda a população, e na cobertura diária, estão em contato com médicos e pacientes, estando, assim, sujeitos ao risco de contaminação. O município de Campos perdeu diversos profissionais de comunicação neste período e, muitos outros foram contaminados e conseguiram sobreviver depois de longa batalha contra a enfermidade”, disse o ofício.

O ofício diz ainda que acredita que o governo municipal concordará com a demanda da categoria. “Finalmente, entendemos que a dificuldade ao acesso das vacinas é uma realidade em todo o país, porém temos a convicção que a Prefeitura de Campos estará sensibilizada com a situação da categoria e fará justiça com os profissionais de comunicação do município”.

A solicitação está de acordo com a orientação da Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) que fez um documento de recomendação da vacinação dos profissionais: “A FENAJ reforça os argumentos para que os Sindicatos de Jornalistas se dirijam às respectivas autoridades locais em busca da inclusão, entre os grupos prioritários de vacinação contra a Covid-19, dos jornalistas profissionais empregados em veículos públicos e privados, como jornais, revistas, sites e portais de notícias, emissoras de rádio e TV, além de freelancers que participam diariamente de coberturas jornalísticas”.

Redação
Redação Administrator
O Milênio

Comentários