Quase 80% dos pacientes mortos pela Covid-19 em Campos são idosos

A faixa etária que mais registrou mortes até o momento, foi de pessoas entre 60 e 69 anos de idade, assim como a de 70 e 79 anos em ambos os sexos

Foto: Imagem meramente ilustrativa

Os idosos fazem parte do grupo de risco da Covid-19 por apresentarem um sistema imunológico deficiente, fragilidade de pulmões e mucosas e idas mais frequentes a hospitais. Em Campos, 77% das mortes provocadas pela Covid-19 são de pessoas idosas.

Os dados foram revelados na noite dessa quarta-feira (17) pela prefeitura e foram baseados na quantidade total de casos que o município tinha até o dia 12 de junho. A faixa etária que mais registrou mortes até o momento, foi de pessoas entre 60 e 69 anos de idade, assim como a de 70 e 79 anos em ambos os sexos, o que representa um total de 53,3% de todos os óbitos sob avaliação.

Até o dia 12, 60 mortes provocadas pelo coronavírus foram confirmadas em Campos. Cinquenta e um casos (85,0%) apresentavam alguma comorbidade. Entre o total de óbitos avaliados, a maior parte era mulheres (33 óbitos; 55,0%). De 6 a 12 de junho, a taxa foi de 11,9 óbitos por 100.000 habitantes. Na semana anterior, esse coeficiente foi de 9,13 óbitos por 100.000 habitantes.

O município tem mais de 130 bairros que já registraram casos de Covid-19. As regiões que mais registram notificações da doença são o Centro, Jóquei, Parque Leopoldina, Turf-Club, Parque Califórnia, Flamboyant, Parque Tamandaré e Goitacazes.

Redação
Redação Administrator
O Milênio

Comentários