Quase 70 bairros de Campos já têm casos de Covid-19. Saiba quais são!

A área central é a área com mais registros da doença, seguida do Jockey e do Parque Tamandaré

Foto: Supcom

O coronavírus avançou em Campos e fez o prefeito decretar lockdown. As autoridades do município estão preocupadas com os casos da doença já que pelo menos 66 bairros, localidades e distritos já registraram casos de Covid-19.

Os dados são do Informe Epidemiológico da prefeitura e o estudo foi feito baseado nos registros que aconteceram até a última sexta-feira (15), quando Campos tinha 278 casos registrados. O Centro continua com a maior concentração das notificações confirmadas: 58.

Depois da área central, o bairro com mais casos é o Jockey, que tem 19. Os demais são estão distribuídos da seguinte maneira: Parque Tamandaré,15;  Flamboyant, 13; Parque Rosário, 11; Parque São Caetano 10; Turf-Club, 9; Parque Califórnia, 8; Guarus, Parque Leopoldina,Nova Brasília,Parque Rodoviário, Parque Leopoldina, com seis cada; Pelinca, Parque Aurora, Parque Tarcísio Miranda e Goitacazes, cinco cada; Horto, Pecuária, Jardim Carioca, Parque Imperial, Travessão, e Ururaí com quatro casos cada um; Alphaville, Julião Nogueira, Novo Jockey, Parque Santa Clara, Parque Santo Amaro e Vila Rainha, três casos cada bairro; Donana, Cidade Luz, IPS e Santa Rosa. Vinte e nove bairros tem um caso cada.

Em investigação – Dentre os casos investigados, até 15 de maio, são 739 casos notificados (SG mais SRAG). São 290 (54,0%) mulheres.A maior parte dos casos, independente do sexo, está entre 20 e 69 anos de idade. Ao considerar os casos confirmados da covid-19 por faixa etária, observa-se que aqueles entre 30 e 59 anos de idade (com dada faixa etária contendo ao menos 50 casos notificados) foram os mais acometidos com 487 casos (66,0%). Ao considerar apenas os casos que foram submetidos à investigação laboratorial, observa-se manutenção do mesmo padrão de distribuição por faixa etária.
O número de casos confirmados da Covid-19 no município apresentou incremento de aproximadamente 50,0% por semana nas últimas três semanas. Ao considerar a distribuição acumulativa dos casos da doença na cidade no contexto atual, caracterizado pela baixa taxa isolamento de social (inferior a 50,0%), estima-se, por meio de um modelo de crescimento, que o número de casos confirmados da doença nos próximos sete dias será em torno de 450 se as medidas atuais de isolamento social forem mantidas.

Redação
Redação Administrator
O Milênio