Quase 100 trabalhadores rurais de MG são impedidos de entrar em Campos e SFI

Foro: Supcom

Um grupo de 90 trabalhadores rurais foi impedido por equipes da barreira sanitária de entrar nos municípios de Campos e São Franscisco de Itabapoana, no Norte Fluminense, nesta quinta-feira (7). O bloqueio, que aconteceu na BR-356, próximo a Furnas, foi uma recomendação do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro e do Ministério  Público do Trabalho que já vinham monitorando o deslocamento desses trabalhadores, que saíram de Minas Gerais.

Segundo informações da Prefeitura de Campos, o grupo saiu da cidade de Jenipapo de Minas, em Minas Gerais, na tarde de quarta (06) com destino a São Francisco de Itabapoana, onde ficaria hospedado. Os trabalhadores informaram que atuariam em uma usina de cana de açúcar, situada na RJ 224, em Campos, mas foram surpreendidos e não conseguiram acesso.O Ministério Público do Trabalho informou que o grupo não tinha nenhum “plano de contingenciamento” ou medidas protetivas mínimas específicas considerando a pandemia do novo corovaírus, o que também justificou o impedimento na entrada. Os trabalhadores foram orientados a retornar para a cidade de origem.

O bloqueio foi resultado de uma ação conjunta do Ministério Público do Trabalho (MPT), Ministério Público Estadual (MPE) e os Órgãos de Vigilância em Saúde dos Municípios de Campos dos Goytacazes e de SFI. O objetivo é evitar o risco de contágio para os trabalhadores e para a população dos municípios, já que a medida adotada como prevenção ao contágio da Covid-19 é o isolamento social. Os dois municípios continuam com equipes da barreira sanitária na entrada das cidades

Redação
Redação Administrator
O Milênio

Comentários