Projeto para alterar Código Tributário de Campos é retirado de pauta

A foto mostra a sessão da Câmara de Vereadores acontecendo de forma remota #Pracegover - Foto: Reprodução

Durante a sessão da Câmara de Vereadores dessa quarta-feira (16), foi adiada a votação sobre a reforma no Código Tributário de Campos. Os projetos enviados pelo prefeito Wladimir Garotinho (PSD) foram alvos de críticas não só por parte de trabalhadores de diferentes áreas, mas também de alguns vereadores.

A reforma no Código Tributário prevê o aumento de impostos. Os vereadores optaram por retirar o regime de urgência do pacote enviado pela prefeitura e adiaram a decisão. Para que o projeto fosse aprovado durante a sessão dessa quarta-feira, era necessário de 13 votos, mas apenas 12 políticos sinalizaram que votariam a favor da aprovação da reforma. Com a ausência de Marcione da Farmácia (DEM), que não participou da sessão, a presidência da Câmara resolveu tirar o assunto de pauta.

O vereador Marquinhos Bacellar, que é da oposição do governo, comentou o adiamento. “Eu tive certa vergonha das manobras que vi antes e durante a sessão da Câmara de Vereadores. Fizeram manobra para tirar o projeto de aumento de impostos de pauta. Quando viram que não tinha quantidade de votos a favor suficiente, ficaram todos atordoados”, disse.

Redação
Redação Administrator
O Milênio

Comentários