Professora de Campos participa de final de concurso nesta terça-feira

A educadora leciona Ciências na escola José do Patrocínio, na Penha

A professora da rede municipal de Campos, Priscila dos Santos Caetano
de Freitas, que leciona Ciências na escola José do Patrocínio, na Penha, participará da final do Prêmio Shell de Educação Científica do estado do Rio de Janeiro nesta terça-feira (22). O resultado será divulgado, às 20h, no site https://psec.shell.com.br/vencedores/edicao-2020.

Dos cinco educadores que tiveram projetos pré-selecionados nesta edição do evento, três sairão vencedores. A professora concorre na categoria Ensino Fundamental pelo projeto “Uso de aprendizagem baseada em projetos na abordagem de conceitos relacionados aos impactos ambientais ocasionados pelo descarte irregular do lixo no canal Coqueiros”. O primeiro colocado do prêmio Shell ganha uma viagem de imersão em ciências em Londres, R$ 8 mil em dinheiro e equipamentos para a escola. Já o segundo e o terceiro lugar ficam com premiações menores em espécie e as escolas com um projetor multimídia e um laptop com alto-falante.

O prêmio Shell é realizado anualmente e busca incentivar e valorizar professores da rede pública das áreas de ciências e matemática premiando projetos inovadores que, por meio de metodologias diferenciadas, imprimam novas formas de ensinar e de aprender. Para Priscila, só por estar entre os finalistas, diante de dezenas de projetos, já é uma grande conquista. “Posso dizer que é uma surpresa, mas que estou bastante grata! Eu não iria me inscrever, mas uma amiga que foi uma das vencedoras do ano de 2019 me incentivou. Eu realmente não esperava. Fiz o projeto de forma despretensiosa. Nem foi projeto do mestrado. Foi apenas uma iniciativa educativa com o objetivo de tornar o conteúdo mais atraente e centrado no aluno – afirmou.

O projeto foi feito pela professora no ano passado em uma das sete turmas e a proposta é expandi-lo assim que a pandemia do novo coronavírus passar. Priscila é professora concursada do município desde 2018, mestre em Ensino de Física pelo Instituto Federal Fluminense (IFF) e doutoranda em Ciências Naturais pela Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf).

Redação
Redação Administrator
O Milênio

Comentários