Professor e pesquisador da UFF de Campos é o novo colunista do jornal O Milênio

A coluna terá abordagens de textos literários, análises sobre obras da literatura e indicações de leitura

O professor Leonardo Santos é o novo colunista do jornal O Milênio. Graduado no ano de 2003 pela Universidade Federal Fluminense (UFF), o educador leciona na instituição e é uma das referências para os alunos. Na coluna, ele trabalhará com textos literários e fará indicações de leituras, além de realizar análises sobre obras da literatura.

Em meio à pandemia do coronavírus, uma boa forma para passar o tempo é a leitura. De acordo com dados apresentados pelo 4º Painel do Varejo de Livros, no primeiro mês de isolamento social, houve um aumento de 50% de compras de livros digitais e físicos no Brasil. “Nesses tempos tão difíceis, penso que seja muito importante estimular as pessoas a um convívio e experiência maiores com o mundo da cultura e da criação artística. Diante de uma realidade tão dura, necessitamos cada vez mais de um espaço de reflexão sobre nós mesmos e dos caminhos de nossa vida. Eis a grande contribuição da literatura. Outro objetivo importante é oferecer ao público do Norte Fluminense aspectos da história local. Tão importante para a afirmação da identidade de nossa gente”, comentou Leonardo.

Após concluir o mestrado em 2005, o professor fez doutorado em História Social, no ano de 2009. Ele também é pesquisador no Departamento de Fundamentos da Sociedade do Instituto de Ciências da Sociedade e Desenvolvimento Regional, do Pólo Universitário da UFF de Campos. Nesta instituição, ele ministra disciplinas no curso de História, além de desenvolver projetos e cursos de extensão. Além disso, desenvolve pesquisas relativas à questão agrária, com ênfase nos casos de Campos dos Goytacazes, Sertão Carioca, Espanha e Itália.

O colunista também é um dos editores-chefes da Revista Convergência Crítica, ligada ao Núcleo de Pesquisa e Estudo em Teoria Social (NEPETS). É professor também do Programa de Mestrado, também em Políticas Públicas, do Instituto Interdisciplinar da UFF/Campos e pesquisador do Instituto Histórico-Geográfico da Baixada de Jacarepaguá. Leonardo também faz pesquisas sobre as relações entre o espaço rural e urbano e suas implicações em termos de políticas públicas e configuração de grupos sociais.

Comentários