Preocupados com o coronavírus, médicos da rede municipal de Campos suspendem greve

A paralisação nas atividades durou quase um mês e os médicos ainda mostram indignação com a prefeitura

Os médicos da rede municipal de Saúde de Campos voltaram a trabalhar após quase um mês de greve. A paralisação, que foi iniciada no dia 18 de fevereiro, chegou ao fim na noite desta segunda-feira (16) durante uma reunião entre representantes da categoria.

O motivo do fim da greve é a preocupação da categoria com a propagação do coronavírus no Brasil. Os profissionais estão preocupados com a chegada da doença no Estado do Rio de Janeiro e retornaram às atividades para garantir mais tranquilidade para a população da cidade.

Apesar do encerramento da paralisação, o Sindicato dos Médicos ainda mostra insatisfação com a prefeitura. Os funcionários dos hospitais e dos postos de saúde paralisaram as atividades por causa dos atrasos salariais, falta de reajustes e precariedade na estrutura de algumas unidades.

Redação
Redação Administrator
O Milênio

Comentários