Prefeitura de Campos suspende contratos de estagiários e professores temporários

A informação foi publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (6)

Foto: Arquivo/Supcom

Devido a crise causada na economia pelo coronavírus, a Prefeitura de Campos fez novos cortes. De acordo com dois decretos assinados pelo prefeito Rafael Diniz no Diário Oficial desta quarta-feira (6), os contratos com estagiários renumerados e professores temporários foram suspensos.

Como forma de justificativa para a suspensão, Rafael se baseia no estado de calamidade pública provocada pela Covid-19, que criou crise no setor de Saúde de vários países e que tem exigido um gasto não previsto pela prefeitura. Os educadores foram dispensados já que as escolas municipais estão sem aulas.

A suspensão é por tempo indeterminado e a prefeitura garantiu que quando a situação voltar ao normal, os contratos podem ser reativados. Antes, cortes em outros setores da prefeitura já haviam sido feitos. Na concessionária Vital Engenharia Ambiental, que é responsável pelo setor de coleta de lixo, mais de 100 profissionais foram demitidos após solicitação da prefeitura nessa segunda-feira (5), conforme noticiou o jornal O Milênio.

Redação
Redação Administrator
O Milênio

Comentários