Prefeito de Campos nega pedido de lojistas e mantém comércio fechado

Foto: Divulgação

O Prefeito Rafael Diniz divulgou no início da noite deste sábado (18), que vai manter o fechamento de parte do comércio até o dia 30 deste mês. Apesar de manter os estabelecimentos fechados, a prefeitura permitiu a reabertura de óticas e lojas que vendam embalagens.

A decisão acontece após pedidos do retorno das atividades comerciais, feitos por algumas entidades do município. Segundo o prefeito, a medida foi adotada com base no Governo do Estado que já prorrogou o decreto de isolamento social até o dia 30, na Secretaria Municipal de Saúde, Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro, Ministério Público, e Organização Mundial da Saúde, que defendem a importância do isolamento social para evitar a propagação do covid-19. Campos registrou  mais seis casos da doença só nessa sexta-feira (17).

O prefeito destacou também que nenhuma medida é definitiva, mas a decisão está sendo tomada para evitar mais casos da doença e até mortes “Por mais difícil que seja o isolamento social, é necessário neste momento. O principal agora é a gente cuidar da nossa saúde. Evitar que mortes aconteçam na nossa cidade, por isso a prorrogação do decreto. Nenhuma medida é definitiva. Todo dia novos casos estão surgindo, as nossas equipes estão atentas para tomar as decisões necessárias. Sendo possível a flexibilização, a gente vai estar fazendo. Atividades como supermercados; açougues; farmácias; todas estão funcionando. Serviços de restaurantes e lanchonetes, seja a pessoa indo buscar ou pedindo a entrega, também estão funcionando. A gente passa a autorizar agora os serviços de ótica e das lojas que vendem embalagens”.

Redação
Redação Administrator
O Milênio