Prefeito de Campos diz que não irá apoiar candidatos no 2º turno

Foto: Reprodução rede social

O prefeito de Campos, Rafael Diniz (Cidadania), declarou na tarde desta quinta-feira (19) que não irá apoiar os candidatos Caio Vianna (PDT) e Wladimir Garotinho (PSD) que disputarão o cargo de prefeito, no dia 29 de novembro, quando acontecerá o segundo turno das eleições municipais. Rafael tentou a reeleição e recebeu 13.530 votos.

Segundo o prefeito em exercício, a neutralidade no segundo turno se dá por ele não se sentir representado por nenhum dos candidatos. “Fiz uma campanha limpa, que me deixa a sensação do dever cumprido. Agora passo a me dedicar integralmente à administração de Campos, com o mesmo empenho e dedicação do primeiro dia de mandato. Como os candidatos que concorrem no segundo turno não me representam, prefiro me manter neutro. Mas os companheiros que caminharam ao meu lado estão livres para apoiar quem quiserem. Aguardo com serenidade o resultado da eleição e vou garantir ao prefeito eleito uma transição transparente e responsável. Quero agradecer aos eleitores que confiaram em mim e dizer à população de Campos que, independentemente do resultado das urnas, vou continuar contribuindo pelo desenvolvimento da nossa cidade, que está acima dos interesses pessoais”, escreveu em uma rede social.

Em 2016, Rafael foi eleito no primeiro turno com 151.462, totalizando 55,19% dos votos válidos.

Redação Administrator
O Milênio

Comentários