Por falta de pagamento, Mercado Municipal de Campos tem corte de energia

Foto: Arquivo O MIlênio

A energia do Mercado Municipal de Campos foi interrompida por pelo menos duas horas nesta sexta-feira (25), e o motivo, segundo a concessionária Enel, foi uma dívida da prefeitura de Campos com a empresa. Essa não é a primeira vez que um prédio de responsabilidade da prefeitura fica sem energia este ano, já que o Teatro Trianon, Museu Histórico e o Camelódromo também já foram afetados pelo problema.

A interrupção da energia não fez com que os trabalhadores do local precisassem ir embora, já que ainda estava cedo e foi possível continuar o atendimento aos clientes, mas prejudicou os comerciantes que recebem cartões como forma de pagamento e também os que faziam testes ou reparos de produtos eletrônicos.

Em nota, a prefeitura não respondeu sobre o débito com a empresa e só falou que o serviço havia sido normalizado. “A Companhia de Desenvolvimento do Município de Campos (Codemca) informa que a energia já foi restabelecida no local”, disse a nota.

Já a concessionária informou que a prefeitura continua com débito com a empresa e que foi notificada antes do corte de energia no local. “A Enel Distribuição Rio informa que as unidades cortadas já foram religadas. A companhia ressalta, no entanto, que vem tentando negociar débitos do município em função de dívidas com a empresa. A Enel reforça que os cortes são precedidos de notificação, cumprindo a resolução 414 da agência reguladora do setor elétrico (ANEEL), e ocorrem em unidades que não prestam serviços essenciais”, explicou.

Redação
Redação Administrator
O Milênio