Policial é detido após se recusar a ter temperatura aferida em São Fidélis

O militar foi autuado por desrespeitar a ordem de um agente do poder público que tem o objetivo de combater a propagação de uma doença

Agentes da barreira sanitária medem temperatura dos motoristas para verificar se eles precisam ser levados para algum hospital com o objetivo de descobrir possíveis casos de Covid-19 - Foto: Arquivo

Um policial militar à paisana foi detido nessa quinta-feira (23) depois desobedecer os agentes da barreira sanitária na RJ-158, em São Fidélis. Ele dirigia um carro que foi abordado pelos profissionais e se recusou a ter a temperatura aferida.

Após o desentendimento, o policial foi encaminhado para a 141ª Delegacia de Polícia (São Fidélis), onde foi autuado no artigo 268 do Código Penal, que é quando um cidadão desrespeita a ordem de um agente do poder público, que tem o objetivo de impedir introdução ou propagação de uma doença contagiosa.

O principal objetivo das barreiras sanitárias é prevenir riscos de contaminação e disseminação de doenças ou evitar que elas ocorram. A assessoria da Polícia Militar informou que o policial foi ouvido também na 6ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar e que o caso está sendo apurado. O militar foi liberado e não foi afastado das atividades ligadas à corporação.

Redação
Redação Administrator
O Milênio