Policial civil morre ao escorregar em cachoeira na Região Serrana

Danielle Costa da Paixão completaria 36 anos de vida na próxima semana

Danielle era muito querida na corporação - Foto: Divulgação

A policial civil Danielle da Costa Paixão, de 35 anos, morreu ao sofrer uma queda em uma cachoeira localizada na localidade de Sodrelândia, em Trajano de Moraes, na Região Serrana do Rio de Janeiro. Ela completaria 36 anos de vida na próxima semana.

Testemunhas afirmaram que a vítima estava em um ponto alto da cachoeira no momento em que se desequilibrou e escorregou. A equipe de resgate do Corpo de Bombeiros chegou a se deslocar até o local, mas a vítima foi encontrada já sem vida. A morte gerou centenas de lamentações nas redes sociais e chocou os moradores da região.

Danielle trabalhava na 151ª Delegacia de Polícia (Nova Friburgo). A unidade publicou uma nota em homenagem a policial. “Danielle era uma jovem policial, talentosa e dedicada, motivada em fazer um trabalho de qualidade, ciente de que a sociedade merece isso de cada servidor público. Pessoa amável, logo se tornou personagem estimada pela família policial, sendo carinhosamente chamada de Dani. A querida colega já está fazendo falta. A morte é algo que o policial aprende a conviver, mas perder uma jovem numa fase tão bela da vida, iniciando uma carreira tão valorosa e que muito nos orgulha é algo devastador, situação que queremos enfrentar com as boas lembranças que a querida Dani nos deixou”, diz o comunicado.

Redação
Redação Administrator
O Milênio

Comentários