Páscoa: os perigos de oferecer chocolate para os pets

Que o chocolate é o doce favorito de muitas pessoas, é fato. Com a chegada da Páscoa, o consumo do item nas casas dos brasileiros aumenta e para os pais e mães de pets pode ser difícil resistir à famosa cara de “pidão” dos bichinhos. No entanto, a ingestão desse alimento pode trazer sérios riscos à saúde dos pets, como aponta a veterinária Jade Petronilho.

O alimento , que faz parte da lista dos proibidos para cães e gatos, conta com uma substância altamente tóxica para esses animais: a teobromina.

“Essa substância é facilmente absorvida pelo organismo dos seres humanos, mas quando ingerida em grandes quantidades pelos pets, se torna um problema, pois o metabolismo deles não permite a absorção do componente de forma rápida, podendo trazer um quadro de intoxicação alimentar”, alerta a especialista.

A ingestão de alimentos derivados do chocolate, como bolos, bolachas e outras sobremesas também são perigosos para eles. 

As reações da substância dependem muito do porte de cada pet. Entre os principais sintomas estão vômito e diarreia, aumento da frequência cardíaca, tremores e convulsões e, dependendo da porcentagem ingerida, risco de morte.

Para animais de até 3 kg, como um Yorkshire, por exemplo, o consumo de uma porção de 35 gramas pode provocar diarreia e vômitos. “Se um animal deste porte consumir 100 gramas, ele pode ter convulsões e tremores”, enfatiza Jade que afirma que quanto mais puro o chocolate, pior.

“Os chocolates brancos, por exemplo, são menos tóxicos, pois não possuem uma alta quantidade de teobromina como os com mais cacau na composição”, revela.

E se o meu pet comer chocolate sem o tutor perceber?

É muito comum acontecer alguns furtos de alimentos por parte de cães e gatos, mas é preciso ficar de olho nos sinais e em qualquer indício que mostre que as coisas não estão normais. Sabendo dos perigos do chocolate, a veterinária reforça que o mais indicado ao identificar qualquer sintoma anormal no pet é levá-lo ao médico veterinário imediatamente para avaliação.

Aposte em “chocolates” feitos especialmente para animais ou em um pedacinho de cenoura!

O perigo do chocolate não implica em deixar os pets sem um mimo. Existem produtos com ingredientes que os bichinhos podem comer tranquilamente e utilizam de artifícios como aromas de chocolate para manter aquela aparência, textura e até cheiro de chocolate. Em petshops é possível encontrar algumas opções, como bombons em formato de ovinho, bolo de caneca e muffin, mas lembre-se: tudo com moderação. A especialista aconselha a não abusar na quantidade! Outra opção de alimento que combina muito com o dia é a cenoura. É 100% natural e vai trazer sensação de felicidade ao pet do mesmo jeito.

Fonte: Canal do Pet

Redação
Redação Administrator
O Milênio

Comentários