Após ser baleada por cliente em shopping de Campos, advogada recebe alta

A advogada Nayara Acha Prestes, que foi baleada por um cliente enquanto trabalhava em um escritório, no Shopping Avenida 28, em Campos, teve alta hospitalar nessa terça-feira (8). O crime aconteceu no dia 26 de janeiro.

Nayara fez uma publicação nas redes sociais agradecendo a equipe do Hospital Unimed, que a tratou após ser baleada. Neste período, a advogada correu risco de perder um dos dedos da mão. “Muito, muito, muito obrigada por tudo, hoje estou com minha família, primeiro pela misericórdia de Deus e segundo graças a vocês”, escreveu em uma postagem direcionada aos funcionários.

O cliente da advogada invadiu o escritório dela com uma arma de calibre 38 com numeração raspada. Ao perceber que ele estava armado, Nayara lutou com o homem, que atirou várias vezes e a mulher foi atingida por três tiros. Ele foi preso pouco tempo depois de cometer o crime e autuado por tentativa de homicídio triplamente qualificado (motivo torpe, meio cruel e recurso que dificultou a defesa da vítima) e por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.

Em um vídeo publicado nas redes sociais, a vítima contou que o homem está devendo R$ 160 mil reais de honorários para ela, com relação a um processo de inventário que está sendo concluído. O cliente tentou revogar a procuração, mas a advogada solicitou judicialmente que o valor referente ao trabalho dela fosse pago, o que causou irritação no homem.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here