Mulher é presa ao matar marido e alega legítima defesa no Noroeste Fluminense

A mulher de 31 anos afirmou que se defendeu após ter sido agredida pelo marido de 38 anos

Foto: Divulgação

Uma mulher de 31 anos foi presa na noite dessa sexta-feira (20) após matar o marido com facadas dentro de uma casa no bairro Cidade Nova, em Santo Antônio de Pádua, no Noroeste Fluminense. De acordo com a Polícia Civil, a moradora afirmou que agiu em legítima defesa após ser agredida pelo homem.

O Corpo de Bombeiros foi até o local, mas no momento em que os militares chegaram, o homem de 38 anos foi encontrado sem vida. A polícia disse ainda que o crime aconteceu após uma discussão e que o casal entrou em luta corporal antes do marido ser esfaqueado. O caso assustou os moradores do bairro.

O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML). A mulher foi levada para a 136ª Delegacia de Polícia (Pádua), onde a ocorrência é investigada.

Redação Administrator
O Milênio

Comentários