Mostra de extensão da Uenf, UFF, IFF e UFRRJ é aberta em Campos

Foto: Arquivo

A XII Mostra de Extensão IFF-UFF-UENF e IV UFRRJ foi aberta nesta terça-feira (20) com a participação dos representantes das quatro instituições públicas de ensino superior envolvidas. A Mostra, que se estende até sexta-feira (23), integra a 17ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia e, em virtude da pandemia do coronavírus, está sendo realizada através do canal da UENF no YouTube.

A cerimônia de abertura contou com a participação dos reitores da UENF, Raul Palacio; do IFF, Jefferson Manhães de Azevedo; e da UFF, Antônio Claudio Lucas da Nóbrega; além do pró-reitor de Extensão da UFRRJ, Roberto Lelis, que representou o reitor Ricardo Luiz Louro Berbara. A cerimônia foi encerrada com uma apresentação em vídeo do Coral da UENF.

Em seu discurso, o reitor da UENF disse que o tema escolhido para o evento, “Rendas e trabalho: perspectivas e desafios”, é de extrema importância neste momento de pandemia, no qual grande parte da população vem passando por grandes dificuldades nesta área.

“Mas eu gostaria de usar aqui a palavra renda num outro sentido, em termos de tecido. Essa renda é formada por muitos fios, muitas vezes diferentes, mas que no final produzem várias coisas bonitas, como roupas, bandeiras etc. Esses fios têm relação com a sociedade e a universidade em si em relação ao processo de extensão, pesquisa e educação. São fios fundamentais neste processo e não há como colocar um por cima do outro. É a junção deles que permite a construção de uma renda perfeita’, afirmou Raul.

“Não tem como pensar em educação de nossos estudantes sem que eles tenham uma formação cidadã, de interação com a sociedade com a pesquisa para o desenvolvimento. Não tem como pensar em pesquisa sem que esta venha a atender uma necessidade  da nossa sociedade. Não tem como falar de extensão  se não temos a formação de nossos estudantes e a sociedade dentro desse processo,  e se não temos uma pesquisa sendo realizada dentro desse processo”, disse o reitor da UENF.

Palacio ressaltou também a interrelação entre as universidades. “Aqui temos  um exemplo de como esse fio que representa cada uma das universidades  consegue chegar à formação de um tecido  realmente importante. Nos últimos anos temos trabalhado fortemente para manter essa relação e  formar uma renda de excelente qualidade e o que temos hoje é um evento que  mostra esse trabalho”, finalizou.

Redação Administrator
O Milênio

Comentários