Morre motorista de carro que explodiu enquanto era abastecido em posto no Rio

Morreu nesta quarta-feira (27) o motorista que ficou gravemente ferido após o carro explodir enquanto era abastecido em um posto de combustíveis na Zona Norte do Rio de Janeiro. Mário Magalhães da Penha, de 67 anos, estava internado no Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier.

A explosão aconteceu depois que Mário abriu o porta-malas do veículo, que estava sendo abastecido com GNV. O posto fica na Rua Vinte e Quatro de Maio. O carro e a cobertura sobre as bombas de combustível do posto ficaram destruídos. Nenhum frentista ficou ferido.

Trabalhadores do posto de combustíveis disseram que a explosão ocorreu no cilindro de gás do veículo, que, segundo eles, estava em mau estado de conservação, enferrujado.

Uma mulher que passava pelo local foi levada ao Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro, mas recebeu alta já na terça-feira.