Moradores e comerciantes do Centro de Campos voltam a reclamar das quedas de energia

A concessionária de energia Enel já foi denunciada mais de 2 mil vezes neste ano no Procon de Campos

Foto: O Milênio

Moradores e comerciantes da região central de Campos voltaram a reclamar de um problema antigo que ainda afeta a realidade dos campistas: a instabilidade do fornecimento de energia. As quedas e picos têm se tornado cada vez mais frequentes e geram incômodo. Entre janeiro a novembro de 2019, foram feitas 2124 reclamações contra a Enel no Procon da cidade. De acordo com o Procon, a concessionária é o maior alvo de denúncias no órgão.

A interrupção na distribuição atrapalha moradores e comerciantes, além de queimar aparelhos e causar outros tipos de dificuldades. Juliano Almeida mora na Rua Marechal Deodoro, nas proximidades do Jardim São Benedito, onde as quedas de energia acontecem com frequência há meses. O morador afirmou que o computador dele queimou após um pico. “Eu estava fazendo um trabalho da faculdade e de repente, apagou tudo. Logo depois voltou, mas o computador não ligava mais. Fiquei chateado e tive que pagar o conserto, sendo que o aparelho não voltou a ter a mesma produtividade que tinha antes”, questionou.

Procurada pela equipe de reportagem do jornal O Milênio para comentar as constantes reclamações, a concessionária Enel informou que irá enviar uma equipe técnica para a área central para verificar o caso.

Redação
Redação Administrator
O Milênio