Ministério da Educação desiste da volta às aulas em janeiro

O Ministério da Educação (MEC) decidiu voltar atrás da decisão que determinava a volta às aulas presenciais nas universidades a partir de janeiro de 2021, após uma grande repercussão negativa. A portaria havia sido divulgada na manhã desta quarta-feira (2), e pouco tempo depois, a decisão foi revogada.

O MEC foi criticado por diversas universidades, que consideram a volta antes da vacina, um erro, já que em parte dos estados brasileiros, á é possível observar a segunda onda de contaminação do novo coronavírus. Entre as instituições que criticaram a atitude, está a Universidade de Brasília, uma das principais do país. “Ainda não deu sinais de arrefecimento – pelo contrário”, disse a instituição se referindo à pandemia.

Com a nova decisão, perante a resistência das universidades, o MEC informou que irá dialogar com as universidades antes de definir uma nova data para o retorno às aulas presenciais.

Redação
Redação Administrator
O Milênio

Comentários