Mesmo durante distanciamento social, Campos registra abusos sexuais

Apenas entre janeiro e abril de 2020, 28 estupros foram registrados em Campos

Foto: Imagem meramente ilustrativa

Em meio ao período de distanciamento social provocado pela pandemia do coronavírus, que tem reduzido a movimentação nas ruas de alguns municípios brasileiros, os crimes de estupros seguem sendo praticados em diferentes regiões do mundo. De acordo com o Instituto de Segurança Pública (ISP), em Campos, 28 estupros foram registrados entre janeiro a abril de 2020, sendo que cerca de 40% desses crimes aconteceram em março e abril, períodos em que as medidas de isolamento já estavam em vigor

Ainda segundo os dados do ISP, 16 dos estupros aconteceram na área central e 12 na região de Guarus. A situação em toda a Região Norte Fluminense também é alarmante: de janeiro a abril deste ano, 78 pessoas foram estupradas. No ano de 2019, neste mesmo período, quando não havia o distanciamento social, 119 pessoas foram vítimas de abuso sexual. Apenas no mês de abril, 14 pessoas foram estupradas este ano em toda a região, enquanto no ano passado esse número chegou a 30.

A equipe de reportagem do jornal O Milênio entrou em contato com a Polícia Militar para que a corporação comentasse sobre esse tipo de crime durante o período de distanciamento social. A PM informou que realiza patrulhamentos diariamente em diferentes pontos do município, mas não recomenda que as pessoas andem por locais de pouca movimentação e pede para que as vítimas sempre realizem boletim de ocorrência para ajudar no controle da mancha criminal.

Redação
Redação Administrator
O Milênio

Comentários