Mercado Municipal de Campos completa 100 anos na próxima quarta-feira

Foto: Supcom

Um dos principais patrimônios históricos de Campos, o Mercado Municipal, vai completar 100 anos na próxima quarta-feira (15) e, para comemorar a data, estão programadas atividades culturais e homenagens a quem conhece de perto essa história: permissionários que trabalham há décadas no local, inaugurado em 1921 como Mercado Novo. A solenidade será aberta às 9h, com apresentação da também centenária Banda Sociedade Lyra Conspiradora; descerramento de placa comemorativa e bolo simbólico. O Mercado Municipal também estará na programação virtual do 4º Festival Doces Palavras (FDP!).

Durante a programação será exibido vídeo sobre o Mercado, que é tombado pelo Conselho de Preservação do Patrimônio Histórico e Cultural de Campos (Coppam) e que aguarda o tombamento pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac). “O Mercado Municipal é um dos nossos maiores patrimônios e sua importância histórica estará em evidência na edição deste ano do FDP! com palestras que enaltecem, tanto sua arquitetura como suas memórias”, disse a presidente da Fundação Municipal Jornalista Oswaldo Lima, Auxiliadora Freitas. 

Após o vídeo, haverá pronunciamentos das autoridades e homenagens aos permissionários mais antigos; “Vacinação Poética” com uma rápida encenação; descerramento da placa comemorativa, encerrando com o tradicional “Parabéns pra você”, ao som da banda centenária. “Queremos que seja um evento de resgate à nossa história e, também, um momento de otimismo para a atualidade, porque o Mercado Municipal possui grande importância histórica e econômica”, explica o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Marcelo Mérida. 

COMEMORAÇÃO VIRTUAL – No mesmo dia, às 18h30, o Mercado Municipal estará na programação do 4º Festival Doces Palavras (FDP!), que acontece entre os dias 14 e 26, com transmissão pela TV Câmara Campos (canal 19.3) e pelo canal da FCJOL no YouTube. Terá, ainda, vídeo histórico com participação da presidente da FCJOL e das historiadoras Rafaela Machado, coordenadora do Arquivo Público Municipal Waldir Pinto de Carvalho; e Graziela Escocard, coordenadora do Museu Histórico de Campos.  Já às 19h, terá palestra de abertura com o tema “Mercado Municipal: uma tradição centenária, com o presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Campos dos Goytacazes (IHGCG), Genilson Paes Soares. Em seguida, às 19h10, palestra “Muito além do espaço comum: Memórias dos Mercados” com a arquiteta e professora do Instituto Federal Fluminense (IFF) Campus Centro, Maria Catharina Reis Queiroz. Às 19h50, o tema é “A trajetória histórica dos Mercados Públicos de Campos” com Genilson Doares e, para finalizar, às 20h30, palestra “O Mercado Municipal no Plano Urbanístico do começo do século XX”, com a doutora, arquiteta e professora da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf), Teresa de Jesus Peixoto Faria.

HISTÓRIA – O prédio tem como base a arquitetura francesa, inspirada no Mercado de Nice. O então prefeito, Luiz Sobral, responsável pela obra, teria se encantado pelo mercado europeu em uma viagem à França e decidiu que Campos merecia um também. Quando retornou ao Brasil, contratou um escritório de engenharia de São Paulo para que a obra fosse realizada. Durante a construção, o prefeito de Campos era Luiz Sobral e, quando foi inaugurado, era César Tinoco. Localizado na área central, hoje o Mercado faz parte de um complexo que inclui o Shopping Popular Michel Haddad e a Feira Livre. No local, diariamente, grande número de pessoas circula, em meio e uma diversidade de produtos.  
O prédio possui boxes internos e externos, galeria central e uma torre.

Redação
Redação Administrator
O Milênio

Comentários