Mais de 2 mil vítimas de acidentes de moto neste ano já foram atendidas no HFM, em Campos

Os dados indicam que pelo menos cinco vítimas de acidentes com motos dão entrada todos os dias no Hospital Ferreira Machado

Foto: Arquivo

Acidentes envolvendo motocicletas costumam ser mais graves já que os motociclistas estão mais vulneráveis do que os ocupantes de carros e de outros veículos mais pesados. No Hospital Ferreira Machado (HFM), em Campos, 2.024 pacientes já deram entrada na unidade após serem vítimas de acidentes envolvendo motos, até o final de setembro de 2020.

De acordo com o hospital, o número de vítimas de acidentes de moto que deram entrada na unidade neste ano, é quase seis vezes maior do que a quantidade de pessoas que ficaram feridas em acidentes de carro: 359. O índice de pacientes feridos em colisões com motocicletas é quase três vezes maior do que a quantidade de feridos em acidentes com bicicletas: 785 vítimas.

Os dados obtidos pelo jornal O Milênio indicam ainda que até o final de setembro de 2020, pelo menos cinco pessoas deram entrada por dia no HFM, após terem sofrido ferimentos em algum tipo de acidente envolvendo motos.

Redação
Redação Administrator
O Milênio