Mais de 1.200 profissionais de educação receberam 1ª dose da vacina contra a Covid-19 em Campos

A foto mostra uma mulher sendo vacinada #Pracegover - Foto: César Ferreira

Mais de 1.200 profissionais de educação foram vacinados com a primeira dose do imunizante contra Covid-19 em Campos. Dez deles já receberam a segunda dose. Eles atuam em unidades escolares das redes públicas e particular do município. O processo vai garantir, dentre outras medidas, a implantação do Plano Municipal de Ensino Híbrido Seguro. A partir da próxima segunda-feira (14), a vacinação desses trabalhadores acontecerá, exclusivamente, no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense (IFF) Campus Guarus, das 9h às 15h.

De acordo com o secretário Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct), professor Marcelo Feres, 100% das escolas que estão com licenciamento sanitário e checklist Covid aprovado e com regularização documental junto ao Conselho Municipal de Educação para Educação Infantil tiveram seus profissionais imunizados. “Vacinamos 725 profissionais de 43 unidades de ensino particulares e outros 477 profissionais de 30 unidades da rede municipal, totalizando 73 escolas e 1.202 trabalhadores”, disse.

Nesta sexta-feira (11), trabalhadores de onze escolas privadas foram imunizados. O Plano Municipal de Ensino Híbrido Seguro visa normatizar essa modalidade nas unidades escolares, que está condicionada à vacinação prévia dos trabalhadores da educação, que atuam diretamente na linha de frente nas unidades. A Prefeitura está construindo um modelo, junto ao Ministério Público, que seja seguro não só para os profissionais, mas também para os estudantes.

Segundo o secretário Marcelo Feres, estão sendo imunizados os trabalhadores já relacionados pelas unidades escolares e inseridos na lista nominal da Secretaria de Saúde. “O processo de imunização está acontecendo de forma gradativa e a Seduct está atualizando o cronograma mediante o envio das listas nominais enviadas pelos diretores das escolas públicas e particulares. Os profissionais deverão procurar os gestores das unidades para saber quando serão contemplados, já que estão sendo priorizados os trabalhadores cujas unidades darão início ao ensino híbrido seguro em breve”, explicou Marcelo.

Ensino Híbrido Seguro – Essa primeira fase do ensino híbrido vai contemplar cinco alunos por turma, ou seja, uma média de 220 alunos somente da rede municipal, considerando as dez unidades municipais selecionadas para iniciar as aulas nessa modalidade. Diversas outras medidas vêm sendo executadas para garantir o retorno presencial dos alunos nas escolas. A Seduct publicou Portaria nº 26/2021, no Diário Oficial desta sexta-feira (11), normatizando os procedimentos necessários para oferta e adesão das escolas públicas e particulares ao Plano Municipal de Ensino Híbrido Seguro.

Redação
Redação Administrator
O Milênio

Comentários