Macaé inicia bloqueio sanitário

Macaé deu início a utilização de barreiras sanitárias neste final de semana. A estratégia de bloqueio sanitário nos principais acessos de Macaé tem como objetivo reforçar o controle da disseminação do coronavírus no município. A ação vai funcionar 24 horas por dia, por tempo indeterminado. A decisão foi definida pelo prefeito, Welberth Rezende, após análise do Comitê de Combate ao coronavirus, grupo técnico-científico formado por especialistas na área de Covid-19, com profissionais de diferentes áreas de atuação da rede pública e privada. A medida segue o que determina a Resolução nº 001/2021 da Secretaria Municipal de Saúde.

Os bloqueios funcionam no trevo de acesso ao Parque de Tubos, RJ-168 (antes do acesso à BR-101), Rodovia Amaral Peixoto, Cabiúnas e no Portal do Sana.

Neste final de semana a ação visa orientar e informar sobre as restrições de entrada em Macaé, porém, a partir de segunda (15), somente terá acesso ao município moradores com comprovante de residência, trabalhadores, entregadores, estudantes e até mesmo pessoas que tenham algum compromisso agendado na cidade, como consulta médica, pré-natal, atendimento em órgãos públicos, procedimentos oncológicos e audiências em tribunais. É necessário apresentação de comprovante referente a cada caso específico.

De acordo com o Secretário de Ordem Pública, Alan de Oliveira, todas as comprovações tem que ser apresentadas ao guarda municipal de forma legível, podendo ser de forma física ou virtual. Somente entrará na cidade a pessoa para qual o compromisso está agendado, sendo proibida a entrada de acompanhantes.

“Em casos de gestantes, idosos e crianças, a entrada poderá ser feita com acompanhante. A medida é difícil para todos, porém, necessária, pois somente dessa forma vamos ajudar no combate ao coronavírus em nosso município”, destacou o secretário.

O aposentado Adão Junger, 75 anos, passava pelo Parque de Tubos na manhã deste sábado quando foi abordado pelos agentes da Guarda Municipal. Preocupado, mas, também, aliviado, Junger definiu sua percepção referente ao bloqueio.

“Sou macaense, entendo que é difícil ficar parado na fila para comprovar que é morador de Macaé, mas entendo a importância dessa ação. É para nossa segurança. É uma medida que vai ajudar a todos nós, macaenses, idosos. É um momento difícil, porém, com a colaboração de todos, nós conseguiremos sair dessa situação”, destacou Adão.

O trabalho é realizado pelas Secretarias de Saúde, Ordem Pública e Mobilidade Urbana, com apoio da Guarda Municipal, Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Guarda Ambiental, Secretaria Adjunta de Turismo e Secretaria de Infraestrutura.

Combate ao coronavírus

Outras medidas foram adotadas pelo município no combate ao coronavírus. A fiscalização da Coordenadoria de Transporte foi intensificada de forma rigorosa junto à concessionária responsável pelo transporte público. Os ônibus não podem circular com passageiros em pé. Em entendimento com o poder público, a concessionária aumentou o número de veículos que circulam no município. A frota de ônibus, que era de cerca de 90 veículos circulando até dezembro, hoje é de 180 carros. O dobro do que era anteriormente.

Outra medida adotada pela secretaria foi a adequação do horário do Terminal Central que passou a ser das 5h às 22h, diariamente.

Sobre o número de leitos de UTI, o prefeito, Welberth Rezende, confirmou a abertura, na última semana, de mais 8 leitos. O prefeito falou ainda que Macaé segue o plano nacional de vacinação e do desejo de que o município possa comprar diretamente mais doses para acelerar o público imunizado.

A fiscalização do governo municipal foi intensificada com ações diurnas e noturnas. A iniciativa visa o cumprimento das medidas previstas no decreto 058/2021, que restringe horário de funcionamento do comércio, que deve ter suas atividades diárias encerradas às 20h. A ação também visa coibir situações de desrespeito ao distanciamento social, ao uso da máscara, e outras obrigações sanitárias previstas em decretos.

Redação
Redação Administrator
O Milênio

Comentários