Jovem morre e corpo é removido quase 36 horas depois em Campos

Foto: arquivo pessoal

A família da jovem Camilla Reis da Silva, de 26 anos, passou 36 horas de angústia entre essa segunda-feira (2) e a noite dessa terça-feira (3). Esse foi o tempo que levou para o corpo dela ser removido e liberado para sepultamento após o falecimento. A moça foi encontrada morta na segunda-feira dentro de casa na localidade de Baixa Grande, na Baixada Campista.

O corpo só foi removido por volta de 22h de terça-feira. De acordo com a família, o motivo foi a demora por parte da equipe médica do Hospital São José e também a demora da Polícia Civil para liberar o laudo e atestar o óbito. Depois que o laudo foi levado para a delegacia, um policial não aceitou o laudo, e por isso, a perícia não foi acionada.

Assim que a jovem foi encontrada morta, a família entrou em contato com postos de saúde da Baixada campista, Hospital São José e Posto de Urgência da Saldanha Marinho, mas em todos os casos não conseguiram médicos disponíveis para ir até a casa da jovem atestar a morte dela.

Após horas de desespero, a família acionou a Polícia Militar, e a guarnição levou os familiares no Hospital São José, onde eles conseguiram fazer com que uma médica fosse até o local, mas o pré-laudo da médica não foi considerado completo pela polícia já que não deixava claro a causa da morte.

Já sem opções, a família recorreu a um dono de uma funerária que conseguiu entrar em contato com um médico por meio particular e só na terça-feira (3), os familiares conseguiram o atestado de óbito para que a jovem fosse enterrada.

Em nota, a Prefeitura de Campos informou que assim que o pedido chegou ao Hospital São José, em Goitacazes, a médica da unidade se deslocou para o endereço e, chegando ao local, constatou o óbito. Como a causa da morte foi inconclusiva, foi emitido um pré-laudo e, seguindo os procedimentos, encaminhado às autoridades policiais para as devidas providências.

O corpo foi sepultado apenas nesta quarta-feira (4) e até o momento, não se sabe o que causou a morte de Camilla.

Redação Administrator
O Milênio

Comentários