Jóquei se torna o segundo bairro de Campos com mais casos de Covid-19

O bairro fica atrás apenas do Centro, que já tem mais de 30 notificações confirmadas da doença

Foto: Divulgação

O Jóquei Clube, em Campos, registrou um aumento de casos de Covid-19 e se tornou o segundo com a maior quantidade de notificações da doença, de acordo com dados do Informe Epidemiológico divulgado pela prefeitura nesta terça-feira (12). O bairro fica atrás apenas do Centro, que tem mais de 30 pacientes infectados.

O levantamento traz a análise de 155 casos confirmados até o último sábado (8). Na mostragem por bairros, o Centro continua com o maior número de casos, 36, seguido do Jóquei Clube (11); Parque Tamandaré (10); Flamboyant, Parque Califórnia e Turf-Club (7, cada); Parque Nova Brasília (6) e Parque Leopoldina (5). Outros 41 bairros aparecem na análise, sendo 11 de Guarus.

Entre os 545 casos notificados, naquele período em Campos, de Síndrome Gripal (SG) e Síndrome Gripal Aguda Grave (SRAG), 53% são mulheres .A maior parte dos casos está entre 20 e 69 anos de idade. Levando em consideração os casos confirmados da doença por faixa etária, foram mais acometidos (74,9%) aqueles entre 20 e 59 anos. Essa faixa etária apresenta a maior concentração de pessoas economicamente ativas.

Entre os casos de SRAG que internaram até 8 de maio, 95 (70,4 %) têm idade igual ou mais de 40 anos. A ocorrência de comorbidades é maior nos casos que evoluem para a forma grave da doença, Síndrome Gripal Aguda Grave, (média de 48%) em relação àqueles com Síndrome Gripal (média de 32%).

Ao avaliar a comorbidade de acordo com a faixa-etária, observa-se que nos mais jovens (até 39 anos de idade) os agravos não transmissíveis mais prevalentes são: asma, seguida de doença cardiovascular e obesidade. Nos mais velhos (40 anos ou mais), observa-se maior prevalência de doença cardiovascular, diabetes e obesidade.

Redação
Redação Administrator
O Milênio