Homem é preso após depredar terreiro de umbanda em Campos

De acordo com o Fórum Municipal de Religiões Afro-Brasileiras, esta é a primeira prisão por intolerância religiosa no município

Foto: Divulgação

Um homem foi preso na tarde dessa terça-feira (14) depois de depredar um terreiro de umbanda localizado na região de Guarus, em Campos. O local ficou bastante danificado.

De acordo com o presidente do Fórum Municipal de Religiões Afro-Brasileiras, Totinho Capoeira, esta é a primeira prisão por intolerância religiosa no município. “É um grande avanço, é histórico, é inédito em Campos, e talvez até no estado do Rio. É inadmissível que este tipo de violação contra os direitos individuais ainda aconteçam nos dias de hoje. Vamos continuar acompanhando o caso de perto para garantir que nenhuma outra casa de Umbanda, Candomblé o Ifá, sejam ameaçadas”, afirmou.

O criminoso foi autuado por intolerância religiosa e injúria racial. De acordo com testemunhas, o autor do crime é um conhecido dos donos do terreiro que é contrário às atividades que aconteciam no local.

Redação
Redação Administrator
O Milênio

Comentários