Temporal já deixa 32 mortos e 60 desaparecidos no Rio Grande do Sul

O estado do Rio Grande do Sul (RS) está em um nível alarmante, sendo registrado até o momento, a morte de 32 pessoas devido ás fortes chuvas que atingem as localidades gaúchas nos últimos dias. Conforme apurado, há 60 pessoas desaparecidas. Segundo o governador Eduardo Leite (PSDB), a tendência é que os números devem subir.

“Com a mais profunda dor no coração, eu sei dizer que será ainda mais que isso, porque não estamos conseguindo acessar determinadas localidades”, disse.

De acordo com informações divulgadas, o total de pessoas em abrigos é de 4.645, além de 10.242 desalojados. A soma de municípios afetados chegou a 154. O governador de RS pediu que as pessoas levem a sério as recomendações de evacuação de áreas atingidas. “Estamos em uma situação absurdamente excepcional”.

Mais de 328 mil pontos estão sem energia elétrica no estado e 541,5 mil clientes estão sem abastecimento de água. 494 escolas estão afetadas em todo território gaúcho, algumas danificadas, outras servindo de abrigo, com problemas de transporte ou com complicações de acesso.

O Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) informou que, no momento, são 139 trechos em 60 rodovias com bloqueios totais e parciais, entre estradas e pontes.

Chuva permanece

As chuvas devem continuar até sábado, dia 4, nas regiões noroeste, norte, região central e vales, com previsão de 200 milímetros. Por causa do ineditismo da enchente, a orientação é que os moradores dos locais atingidos se afastem das áreas e também de regiões onde ocorreram enchentes recentes.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here