Funcionários dos Correios de Campos testam positivo para a Covid-19 e atividades são suspensas

Foto: Arquivo

Após funcionários dos Correios de Campos testarem positivo para a Covid-19, as atividades do Centro de Distribuição Domiciliária dos Correios do município, que fica na Avenida Sete de Setembro, foram suspensas nesta quarta-feira (8). O Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios Telégrafos e Similares do Rio de Janeiro (Sintect-RJ) informou que nove funcionários foram diagnosticados com a doença, sendo que seis são da unidade da Rocha Leão e três da Sete de Setembro.

A assessoria de imprensa dos Correios informou que o prédio, que fica na avenida Sete de Setembro, foi fechado para sanitização e as atividades voltarão normalmente nesta quinta-feira (9). O Sintect-RJ condena a maneira que a situação está sendo conduzida pela Gerência de Atividades Externas (Gerae). “Apesar da situação grave e que coloca em risco os trabalhadores, a Gerae age de forma inconsequente desrespeitando a decisão judicial e os protocolos das autoridades de saúde. Demonstrando um perfil subserviente e desumano frente aos riscos de saúde e vida que diversos trabalhadores estão passando nesse momento grave de pandemia do novo coronavírus” informou o sindicato em nota. Ainda de acordo com Sintect, os diretores Pedro Alexandre e Fagner Lopes estão realizando uma ação sindical na região, para apurar a situação.

Por meio de nota, a assessoria dos Correios divulgou que as unidades estão cumprindo as medidas definidas pelos órgãos de saúde para evitar a propagação da Covid-19. “Desde o mês de março, os Correios vêm adotando sucessivas medidas de proteção à saúde de seus empregados, clientes e fornecedores, em função da pandemia do novo coronavírus. Além de intensificar as orientações ao efetivo quanto aos cuidados básicos de higiene e procedimentos de limpeza dos ambientes e equipamentos, todos os empregados têm acesso a álcool em gel e máscaras laváveis, além disso todos os empregados das unidade foram encaminhados para a testagem. A empresa está acompanhando a situação de saúde dos seus funcionários, prestando o apoio necessário e, também, atuando para garantir o bom funcionamento das atividades operacionais”, concluiu.

Redação
Redação Administrator
O Milênio

Comentários