Funcionários de hospitais filantrópicos de Campos anunciam greve

Os hospitais são responsáveis pelo atendimento de cerca de 70% da população.

Foto: Arquivo

Funcionários de hospitais filantrópicos de Campos decidiram entrar em greve durante uma assembleia que aconteceu na noite desta quarta-feira (23), na sede do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Campos (SES), no Parque Julião Nogueira.

Ainda não tem data definida para o início da paralisação, que acontecerá de forma parcial nas unidades Santa Casa de Misericórdia, Hospital Beneficência Portuguesa, Hospital Plantadores de Cana e Abrigo João Viana. Os motivos que levaram os funcionários a chegarem a esse acordo, foram a falta de pagamentos de salários, FGTS, verbas e outros benefícios trabalhistas.

Os hospitais – que são responsáveis pelo atendimento de cerca de 70% da população – já vinham expondo a situação difícil que passavam. Os diretores das unidades culpam a Prefeitura de Campos pelo atraso de pagamento das verbas municipais que já chega a três meses. A prefeitura afirma que houve uma queda nas receitas e por isso, tem dificuldades para pagar as verbas.

Redação
Redação Administrator
O Milênio