Fotógrafa é condenada a pagar R$ 10 mil após se recusar a fotografar casamento de dois homens em Campos

A mulher se recusou a fotografar o casal após descobrir que o casamento era entre dois homens

Foto: Imagem meramente ilustrativa

Uma fotógrafa de Campos foi condenada a pagar R$ 10 mil de indenização a um casal homoafetivo depois de ter se recusado a fotografar as vítimas durante uma festa de casamento. Os noivos se sentiram constrangidos no evento e processaram a mulher.

A profissional de fotografia não teve o nome divulgado. No processo consta que ela aceitou o trabalho, mas na hora em que descobriu que se tratava de um casal homoafetivo, se recusou. A moça disse que “não tiraria foto do casamento de dois homens”, e disse ainda que “se achou desrespeitada por não ter sido informada deste fato”.

Ainda cabe recurso por parte da fotógrafa. O caso está em andamento na Comarca de Campos.

Redação
Redação Administrator
O Milênio