FMIJ distribui pulseiras de identificação para crianças na Praia do Farol, em Campos

Neste período de verão, o número de pessoas que transitam na Praia do Farol de São Tomé, em Campos, aumenta expressivamente. Pensando nisso, a Fundação Municipal da Infância e da Juventude (FMIJ), em parceria com a Fundação para a Infância e Adolescência (FIA), resolveu distribuir três mil pulseiras de identificação para serem utilizadas por crianças durante este sábado (29). O objetivo é garantir a segurança das crianças e a tranquilidade dos pais e responsáveis. Além disso, haverá a Blitz Azul, que tem como objetivo a inclusão, informando e conscientizando, onde o vereador Leon Gomes irá coordenar a ação com a distribuição de adesivos, cartilha do autista e panfletos sobre o Transtorno Espectro Autista (TEA).    

A ação irá acontecer no Portal de Farol de São Tomé e na Arena Kids, das 9h às 13h. A última ação de caráter preventivo, objetivando o fortalecimento da cultura da identificação, que ajuda a evitar o desaparecimento de crianças e adolescentes, foi realizado na Festa de Santo Amaro, na Baixada Campista, no último dia 15 de janeiro. 

Com o uso da pulseira, qualquer pessoa pode colaborar para devolver o menor ao responsável. Além da retirada das pulseiras, que conterá informações como nome da criança e do responsável, endereço e telefone para contato, pais e responsáveis receberão orientação sobre os endereços e telefones de Conselhos Tutelares, ações da FMIJ e da FIA, que devem ser adotados para garantir a segurança dos menores.   

Segundo o presidente da FMIJ, Fabiano de Paula, a parceria com a FIA, busca garantir a proteção dos direitos de crianças e adolescentes. “A última ação foi bastante produtiva e conseguimos alcançar boa parte da população. Continuamos com o trabalho de conscientização, já que muitos pais e responsáveis não têm esse hábito de identificar seus filhos. E neste período de verão, o Farol de São Tomé fica muito movimentado, por isso é essencial o pai, a mãe ou o responsável buscar identificar seu filho com a pulseira. Se identificada, será muito fácil encontrá-la, caso a criança se perca”, destacou o presidente.   

O coordenador do Polo Regional da FIA-RJ, Bruno Cordeiro, destacou que a parceria com a FMIJ é fundamental. “Nosso objetivo é auxiliar as pessoas em diversas esferas e com essa união do Estado e Município fortalecem as políticas em prol das crianças e adolescentes é essencial”, declarou. 

Redação Administrator
O Milênio

Comentários