Família de Campos procura mulher desaparecida há 4 anos e 6 meses

Rosimary morava em Campos com o marido, dois filhos e a mãe dela

Rosimary desapareceu no dia 11 de fevereiro de 2016 - Foto: Divulgação

Rosimary Valadares de Souza continua desaparecida. Ela morava em Campos com o marido, dois filhos e a mãe, mas desde o dia 11 de fevereiro de 2016, desapareceu e não retornou para casa. O paradeiro completou 4 anos e 6 meses em agosto de 2020.

A família ainda tem esperança de encontrar Rosimary. Em contato com a equipe de reportagem do jornal O Milênio, os família informaram que ela saiu da residência durante a manhã no dia em que desapareceu, mas não dsise para onde seguia. Pouco depois, ela ligou para a filha para informar que estava bem e que tinha ido para o município do Rio de Janeiro. Desde então, a mulher não fez mais contato.

Depois de iniciarem uma campanha para tentarem achar a campista, os familiares dela foram informados de que ela desembarcou em um aeroporto de São Paulo e que pegou um táxi, mas não tiveram mais notícias dela. Documentos pessoais da vítima foram encontrados em uma lixeira. A mulher sofre de transtornos bipolares e toma remédios controlados.

Quem tiver qualquer informação que possa ajudar a encontrar Rosimary, pode entrar em contato com a família ou com a polícia, através dos números (22) 99904-4049 ou (22) 2725-3782.

Redação
Redação Administrator
O Milênio